Índia

cropped-banner1.jpg

Índia

Monções: De julho a setembro.

Intensidade: Na Índia as monções tem uma intensidade forte. Além do ar ficar pesado e fazer muito calor, a umidade é muito alta e as chuvas torrenciais podem provocar alagamentos.

Melhor época para ir: De outubro a fevereiro você vai pegar temperaturas mais agradáveis. De março a maio o calor é bem intenso.

Em Nova Délhi há um encontro marcado com um cenário pluricultural, caótico e vibrante, misturando burocratas governamentais, jovens esperançosos e executivos de multinacionais. Barulhenta e com um tráfego urbano tão conturbado quanto nossas cidades (nos piores dias), a cidade mantém espaços monumentais como a grande mesquita de Jama Masjid, o imponente Forte Red e uma vida cotidiana agitada, repleta de cafés, lojas e restaurantes, em Connaught Place.

O desértico Rajastão lhe reserva paisagens maravilhosas e uma das cidades mais singulares do planeta em Jaipur, com seus edifícios de paredes rosadas à sombra do esplendoroso Forte Amber. Não é a toa que sua beleza foi explorada à exaustão numa recente novela de TV.

Em Agra, duas grandes joias da arquitetura deleitam os viajantes há séculos: o Forte Agra e o belíssimo Taj Mahal. Essa última em especial é uma daquelas obras que qualquer bom viajante deveria colocar como um dos dez destinos obrigatórios de uma vida.

Fora do triângulo, descubra outros destinos como a hedonista antiga colônia portuguesa de Goa e os templos de Khajuraho, repletas de entalhes e esculturas eróticos. Outros centros de destaque são metrópoles que mudaram recentemente de nome, como Kolkata (a antiga Calcutá), Chennai (Madras) e Mumbai (Bombaim). Sobrou até para o entreposto de especiarias Calicute, agora conhecida como Kozhikode.

SUGESTÃO DE ROTEIROS

Para dez dias de fortes sensações, passe dois dias conhecendo a face moderna da Índia em Nova Délhi antes de tomar a caótica auto-estrada para Jaipur. Reserve pelo menos três dias no Rajastão para deliciar-se com os mercados locais e o colorido das ruas. Siga para Agra e não perca o nascer do sol no Taj Mahal antes de visitar o deslumbrante Forte Agra. Invista um dia em Khajuraho e rume para Varanasi, que merece dois dias para você perder-se em suas vielas estreitas e instigantes templos. Para acalmar a mente, o corpo e os sentidos, nada como as praias de Goa, onde a vigorosa massagem ayurvedica te fará descobrir músculos que você nem desconfiava que existiam ou Rishikesh a cidade que respira Yoga e fica às margens do Rio Ganjes, no Norte da Índia.

Por fim, nenhuma viagem à Índia é completa sem assistir ao nascer do sol às margens do rio Ganges, em Varanasi (Benares). Enfim, a Índia testa todos seus sentidos ao máximo, provocando sensações extremas e fascinação, paixão e desconfiança.

Logo você perceberá, ninguém fica indiferente a ela.

Explore a cultura indiana com os roteiros exclusivos da Indo Asia Tours!

Entre em contato com a anfitriã Cristiane e saiba mais sobre nossos pacotes em grupo:

(11) 99719-6335 – cris@indoasiatours.com.br

Captura de Tela 2016-08-30 às 17.22.49

Anúncios